Em um leito de hospital, dois homens em estado terminal dialogam sobre suas condições e buscam a possibilidade da esperança diante do fim.
O doente que consegue se sentar narra a vida que acontece diante da janela do quarto, fazendo com que o companheiro imagine tudo aquilo que os seus olhos não podem ver.

A cena foi parte integrante da IV Mostra de Cenas Curtas do Fábrica das Artes em Americana/SP, com texto adaptado e dirigido por Tom Rezende e tendo Fernanda Oliveira, Thiago Ubaldo, Daniela Donasci e Lúcia Machado no elenco.

Anúncios